blog

Crescimento da empresa

Crescer Aceleradamente ou Parar para Organizar a Empresa?

Versão para impressão
Compartilhe:

Introdução

Um grande dilema que as empresas vivem quando estão em crescimento acelerado é: cresço ou me organizo?

E se eu te disser que podemos ter ambas as coisas? Crescer organizadamente!

O sucesso e a consolidação de uma empresa exigem mais que boas ideias e empreendedorismo. Também requer planejamento e organização. Porque, apesar das vendas continuarem aumentando e o negócio estar crescendo, nem sempre isso se reflete nos números.

Temos hoje um mercado cada vez mais competitivo, exigente e ainda conectado mundialmente. Diante desse cenário, a organização que se destaca retira dois elementos que sugam a energia vital de qualquer empresa: amadorismo e improviso.

3 Pilares

Para profissionalizar a gestão e crescer organizadamente, três são os pilares: liderança, conhecimento técnico e método (FALCONI, 2009).

Três pilares da gestão.
Modelo dos três pilares da gestão eficiente

O primeiro pilar, a Liderança é o principal item para se chegar a uma gestão eficaz. Uma definição simples de liderança: “Liderar é bater metas consistentemente, com o time e fazendo certo” (FALCONI, 2009). Outra definição que tem me cativado muito sobre liderança é: “Liderar é encontrar potencial em pessoas e processos, e ter a coragem de desenvolver esse potencial” (BROWN, 2010). De fato, em qualquer processo de transformação de processos, a condução pela liderança tem papel crucial para o sucesso da implementação e na continuidade, seja de metas, métodos, promoção do conhecimento, engajamento da equipe e da promoção da cultura da organização.

O segundo pilar, o Conhecimento Técnico, é o conhecimento relacionado ao que a pessoa trabalha, o quanto detêm de conhecimento específico do funcionamento do seu trabalho, seja ele na área de Marketing, Contabilidade, Finanças ou RH. Importante salientar que para manter atualizados os níveis de conhecimento técnico, mantendo um foco de melhoria e inovação, o meio mais eficaz é através de método, onde a organização deve ter processos estruturados para isso, principalmente de análise e melhoria dos processos. Uma boa pergunta para checar se o time está afiado no conhecimento técnico é: por que não fazemos essa atividade com menor tempo, maior qualidade ou menor custo?

O terceiro pilar, o Método, com a origem na palavra grega methodos, onde meta é o “resultado a ser atingido” e hodos é o “caminho”.

Esquema para entendimento do método

Quero aqui chamar a atenção de como o método é importante para as organizações chegarem a resultados. O uso do método promove uma mudança cultural, capturando as sinergias entre as áreas e pessoas, multiplicando o conhecimento e buscando continuamente as melhores práticas.

Métodos para organizar a empresa

Temos métodos para todos os níveis da organização, desde o nível estratégico, que aqui podemos citar o Planejamento Estratégico com o uso do BSC (Balanced Scorecard), a métodos táticos operacionais como o ciclo PDCA, o ciclo BPM, as metodologias ágeis como o Lean (POPPENDIECK e POPPENDIECK, 2003), o Scrum (SCHWABER, 2004), o Kanban (ANDERSON, 2010), dentre outras.

E qual o melhor método? Não existe uma bala de prata. A aplicação desses métodos depende do objetivo, da cultura e de quanto a organização deseja mudanças.

Muitas organizações adotam métodos pelo “modismo” sem entender o impacto do método na cultura ou nas mudanças que serão necessárias. Em projetos, já vivenciei lideranças desejarem projetos de BPM somente para a equipe, sem estar envolvido no processo. Em outros casos, acompanhei a adoção de métodos ágeis para uma organização extremamente burocrática, ou seja, a implantação do método sem um processo integral de mudança.  

Conclusão

Embora a fórmula dos três pilares pareça simples, é necessário desenvolver um trabalho de autoanálise e desenvolvimento das pessoas da organização. Para isso, a liderança é o principal elemento para se chegar a uma gestão eficaz. Cabe ao líder criar metas executáveis e desafiadoras. Paralelamente, ele deve promover o domínio do método pela equipe com crescimento constante nas técnicas e recursos de análise. Mas colocar isso em prática exige transformações que nem sempre as organizações estão preparadas para fazerem sozinhas. Nesse caso uma ajuda externa poderá apoiar tanto para elevar o conhecimento técnico da equipe, como também levar métodos de gestão para serem incorporados à rotina da organização.

Referências Bibliográficas:

ANDERSON, D. J. (2010). “Kanban: Successful Evolutionary Change for Your Technology Business“. Blue Hole Press.

BROWN, B. (2019). “A coragem para liderar“. Best Seller.

FALCONI, V. (2009). “O verdadeiro poder“. Nova Lima: Falconi Consultores de Resultado.

POPPENDIECK, M.; POPPENDIECK, T. (2003). “Lean Software Development: An Agile Toolkit“. Boston, MA: Addison-Wesley.

SCHWABER, K. (2004). “Agile Project Management with Scrum“. Washington, DC, USA: Microsoft Press.

Compartilhe:
gostei deste conteúdo
quero mais informações
X

nossas soluções

Assine nossa newsletter