Derivação de Requisitos a partir do Modelo de Processos |

Derivação de Requisitos a partir do Modelo de Processos

Como chegar nos Requisitos a partir dos Processos?

Derivação de Requisitos a partir de Processos

Derivação de Requisitos a partir de Processos

Quando o objetivo é automatizar um processo, a modelagem de processo, além do entendimento da organização e dos fluxos de trabalho, também pode ser uma fonte para a extração de requisitos de negócio e de software para a construção ou contratação de um sistema de informação que apoie o processo.

A partir do modelo de processos, já existente na organização ou durante um projeto de modelagem de processos em andamento, é possível extrair regras de negócio, requisitos de negócio e, até mesmo, dados ou informações do futuro sistema.

A ideia de extrair os requisitos dos modelos de processos, é garantir que o sistema especificado dará o apoio necessário ao negócio. A técnica pode ser utilizada para desenvolvimento de sistemas novos, contratação de desenvolvimento de sistemas, aquisição de software de prateleira ou software selection.

A derivação dos requisitos pode ser realizada a partir de modelos em qualquer linguagem ou notação (BPMN, EPC e etc) de modelagem de processos de negócio.

Por exemplo, uma empresa possui sede em diversas localidades e cada localidade possui seu sistema de acesso. Ela pretende contratar um único sistema para todas as localidades. Porém, todas as funcionalidades presentes nos sistemas antigos devem continuar sendo suportadas. Além de algumas novas funcionalidades que precisam ser incluídas na nova tecnologia que deseja implantar.

Uma forma de definir os requisitos para a contratação desse novo sistema é através da modelagem de processos.  A partir dos modelos dos processos de acesso já existentes em cada localidade, é possível definir os requisitos importantes de cada sistema antigo que deve permanecer e os problemas que devem ser resolvidos.

Outro caso é quando a empresa já possui um processo definido, por exemplo, um processo de contratação de serviços. Porém, esse processo é suportado apenas por planilhas, gerando inconsistências, ambiguidades e riscos. Neste cenário, nasce o desejo substituir essas planilhas por um sistema. Através do processo posso concluir quais são os requisitos para esse novo sistema que será desenvolvido.

A dheka possui um método próprio de trabalho, que parte do modelo de processo e gera a especificação de requisitos. Para que o método seja eficaz é necessário que os modelos de processo estejam atualizados e condizentes com a realidade do funcionamento da empresa.

 

Produtos relacionados:

Consultoria e Mentoring em Gerência de Requisitos: um especialista dedicado a ensinar na prática – fazendo enquanto você observa ou te orientando a colocar a mão na massa.

 

Treinamentos relacionados:

Derivação de Requisitos a partir de Modelos de ProcessosComo especificar os requisitos de um sistema mantendo o alinhamento aos processos de negócio?